A preferência por alimentos sazonais pode contribuir para imenso para o seu sistema imunitário, assim como tem menos custos.

Fevereiro: legumes e frutas da época

As frutas e os legumes são alimentos imprescindíveis numa alimentação saudável. Por dia, é recomendado um consumo diário de 3 a 5 peças de fruta e cerca de 400 gramas de produtos hortícolas. São vários os benefícios associados à ingestão de frutas e de legumes, como por exemplo: prevenção de doenças crónicas, redução do risco cardiovascular, fortalecimento do sistema imunitário, aumento da sensação de saciedade, entre outros.
Sabia que a melhor forma para desfrutar de todo o sabor e o valor nutricional é na época própria de cada alimento? Apesar de encontrar os mesmos ingredientes em toda altura do ano nos supermercados ou nas mercearias, o consumo de produtos frescos, neste caso, frutas e legumes, é um factor importante para manter uma elevada qualidade nutricional desses alimentos. Neste sentido, o tempo entre a compra destes produtos e o consumo ou a confecção deve ser o mais breve possível. Assim, se preparar com rapidez a cozedura dos legumes, evitará a perda de vitaminas. 

 

Quais são os produtos hortícolas e frutas que deve comprar durante o mês de Fevereiro?

  • Legumes: Abóbora, acelga, agrião, alho francês, raiz de aipo, alface, batata, beterraba, cebola, cenoura, chicória, cogumelo, couve-de-bruxelas, espinafre, cogumelo, batata, espargos, espinafres e rábano.

  • Fruta: Abacate, amêndoa, ananás, anona, banana, clementina, laranja, limão, maçã, kiwi, pêra, tangerina.


Nas seguintes linhas, revelamos as 4 razões para consumir os produtos da época.

  • Frutas e legumes repletos de sabor

O amadurecimento das frutas ou dos legumes sazonais ocorre em condições naturais, usufruindo as propriedades da natureza, sem comprometer o sabor do alimento. Além disso, em termos de cores, os produtos da época são mais apelativos para a sua compra. 

 

  • Valor nutricional superior 

Apelidados de legumes ou frutas da época, estes alimentos contêm características nutricionais e organolépticas (cor, sabor e odor) superiores, uma vez que sofrem menos processamento. Estes produtos são ainda capazes de satisfazer as necessidades do organismo, de acordo com a estação do ano. Como por exemplo, nos meses mais frios, na altura em que se registam mais constipações e gripes, o nosso sistema imunitário pode enriquecer-se de alimentos mais ricos em vitamina C, isto é, laranjas ou clementinas, ou maçãs que possuem um elevado teor de fibra. Ao passo que nos meses mais quentes é essencial o consumo de frutas que hidratam, ou seja, melancia, meloa e melão.
Por outro lado, as frutas fora de época são colhidas quando estão no processo inicial, ou seja, verdes e acabam por maturar no transporte e não ao sol, reduzindo assim o seu teor de micronutrientes.

 

  •  Opção mais económica

A produção de alimentos sazonais acarreta menos custos, uma vez que não necessita a utilização de produtos químicos e transporte ou que exija muito esforço físico do agricultor. Por conseguinte, os produtos da época ficam a preços mais acessíveis.

 

  •  Proteger o meio ambiente

A selecção de frutas e legumes sazonais ajuda o meio ambiente, visto que incentiva o consumidor a adquirir produtos locais, em detrimento de alimentos com origem de outros países estrangeiros. Neste contexto, a compra de produtos de origem nacional traz imensas vantagens, nomeadamente a redução do transporte deste tipo de alimentos, existe uma menor conservação e refrigeração, um menor consumo de petróleo, favorecendo assim a redução da emissão de gases com efeito de estufa. 

 

A preferência por alimentos sazonais pode contribuir para imenso para o seu sistema imunitário, assim como tem menos custos. Opte por uma alimentação saudável, sustentável e cuide do seu bem-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *